Os Associados – Silmar Bohrer

Silmar BohrerNascido na segunda  metade do século 20, sob o signo de Gêmeos, “no mês mais querido do ano”, Silmar Bohrer tem feito da literatura um regalo da vida. Escreve desde a adolescência, escreve diariamente, fazendo dos versos uma missão permanente. “O importante não é escrever muito.  O essencial é escrever sempre. Escrever, um sacerdócio”. Eis o seu dogma. Se algum dia um curioso pela arte literária lhe indagasse pelo ato de escrever,  essencial é escrever sempre. Escrever, um sacerdócio”. Eis o seu dogma.  Se algum dia um curioso pela arte literária lhe indagasse pelo ato de escrever diria que o poeta escreve  dentro da sua visão e compreensão do mundo – esse cadinho de vivências ao longo dos dias. E qual a essência da poesia Inspiração,  transpiração, conhecimento, uma simbiose que nutre  ideias, pensamentos, sentimentos. São universais os motivos condutores ao reino da poesia – natureza, e céu, e ares, e a vida…

%d blogueiros gostam disto: